Conceitos Básicos para uma Campanha de Sucesso no Google AdWords

Conceitos Básicos para uma Campanha de Sucesso no Google AdWords

Se você começou a administrar um negócio na web, ou está começando a fazer uso de ferramentas digitais para alavancar as suas vendas, provavelmente já se deparou com as palavras “Google AdWords”. Mas o que seria esse tal de AdWords?

Resumindo de uma forma bem rápida, o Google AdWords é o serviço de publicidade do Google. No AdWords o próprio anunciante pode criar e divulgar seus anúncios, determinando aonde deverão ser exibidos.

Se você está lendo este artigo, então é bem provável que esteja curioso em saber um pouco mais sobre o Google AdWords e como utilizá-lo da melhor maneira.

Tendo como foco as pessoas que ainda não possuem uma vasta experiência com a ferramenta, organizamos os conceitos básicos da plataforma e separamos algumas dicas para que você possa começar a fazer campanhas de sucesso.

Boa leitura!

Começando pelo Básico: Tipos de Campanha

Uma das coisas mais básicas que você precisa saber sobre o Google AdWords é que ele possui diferentes tipos de campanha. Essas modalidades de anúncio são:

Rede de Pesquisa – São anúncios exibidos diretamente na ferramenta de busca do Google, na forma de link patrocinado. É também o tipo de anúncio com maior concorrência.

Rede de Display – É exibido na rede de parceiros do Google. A grande diferença desta modalidade de anúncio é a possibilidade da exibição de imagens, através de banners estáticos ou animados.

Google Shopping – São anúncios que exibem produtos. Diferente dos anúncios de texto tradicionais, o anunciante não escolhe as palavras-chave para a campanha, mas sim configura um valor e o Google decide quais palavras são relevantes para o seu produto.

Vídeo – Campanhas de vídeo com uma variedade de formatos que são exibidos no YouTube e em sites parceiros de vídeo.

Campanha Universal de Apps – São campanhas utilizadas para promover aplicativos nos principais produtos do Google, como a rede de pesquisa, a Google Play, o YouTube, e a rede de display.

Terminologia Básica

Para que seu aprendizado seja mais tranquilo, é interessante que você se familiarize com alguns termos básicos presentes no dia a dia de quem utiliza o AdWords. Alguns dos principais termos são:

CPC – Custo por clique. É o valor que você paga para cada clique que é dado no seu anúncio.

Índice de Qualidade – O índice utilizado para avaliar o quanto o seu anúncio é bom. Funciona como uma relação direta entre a palavra-chave, o anúncio e a página destino.

Complementos do Anúncio – São extensões que podem ser adicionadas ao anúncio, contendo links e mais informações para o usuário.

Página de Destino – A página para qual o usuário é redirecionado ao clicar no anúncio.

Entendendo um Pouco Sobre a Produção de Anúncios

Antes de qualquer explicação sobre a elaboração de campanhas, é importante estarmos cientes de que a usabilidade do seu site é um dos fatores que fazem o acesso do usuário ser algo relevante.

Quando falamos sobre a usabilidade do seu site, existem diferentes pontos que precisamos levar em consideração. Como, por exemplo, se o seu site está dentro dos atuais padrões web, se é fácil de navegar, se permite que o seu usuário encontre o que procura com facilidade, se não apresenta instabilidades, entre outras coisas.

Ou seja, antes de pensar em investir numa campanha, uma dica primordial é que você invista para que o seu site seja bom.

Falaremos agora sobre algumas práticas recomendadas na hora de se elaborar uma campanha. Como o anúncio de Rede de Pesquisa é um dos mais básicos e mais procurados, tomaremos ele como base para que você possa entender um pouco melhor como funciona uma campanha.

Entendendo a estrutura básica de um anúncio no AdWords:

URL Final: O endereço real para o qual o usuário será redirecionado após clicar num link da campanha. Não aparece no anúncio.

Título: A primeira linha do anúncio.

Caminho: Um endereço “falso” — de preferência mais curto — que aparece no anúncio. Engloba automaticamente o site cadastrado na URL final.

Descrição: O texto que fica abaixo, contendo uma breve descrição sobre o anúncio.

Veremos agora algumas práticas recomendadas para a criação de anúncios.

Boas Práticas para a Criação de Anúncios

Uma coisa muito importante para o Google é a coerência. Quanto maior for a coerência do seu anúncio, maior será o seu Índice de Qualidade. Sempre mantenha o título do anúncio, a palavra-chave e o endereço de destino bem alinhados. Índices de qualidade muito baixos fazem o CPC aumentar.

Outra boa opção é setar alguns qualificadores no anúncio. Os qualificadores servem, principalmente, para eliminar cliques indesejados em seus links.

Por exemplo, alguém que não possui interesse em comprar peças de computador provavelmente não clicará em seu anúncio se ele deixar claro que é “apenas venda de peças para computadores”.

Informar métodos de pagamento e preços também funciona como filtro para a taxa de conversões do anúncio. Ao fazer isso, você “queima” uma etapa, pois, quando um anúncio não possui valores, é necessário acessar o endereço para checar essa informação. Com esses dados sendo exibidos no anúncio, um clique indesejado poderá ser evitado, caso o usuário não tenha se mostrado interessado ao visualizar essas informações.

Existem estudos que apontam que escrever todas as palavras do anúncio com a primeira letra maiúscula faz com que o usuário fique mais interessado no link (o próprio Google faz uso dessa prática em suas campanhas).

Evite descrições muito longas e vagas. Tenha em mente que a descrição do anúncio é apenas um método de atrair o clique do seu futuro cliente. Outras informações mais detalhadas estarão dentro do seu site.

O Caminho presente no anúncio também deve ser claro e direto. Caso a sua loja esteja vendendo monitores, por exemplo, um endereço recomendável seria: http://seusite.com.br/Monitores

Já com a URL Final, o ideal é que você link o seu anúncio exatamente para uma página que tenha o que o usuário está buscando. A criação de uma landing page para o anúncio pode gerar bem mais resultados do que redirecionar o usuário para a sua página principal.

O que Não Deve ser Feito nos Anúncios e as Políticas do Google

O Google faz uso de uma política editorial para avaliar a integridade dos anúncios. Essa política serve para garantir que o usuário não acesse algum conteúdo nocivo e também regula a qualidade das campanhas.

Fique ciente sobre a Política Editorial para que os seus anúncios não sejam reprovados.

Confira algumas das regras para anunciar:

Anúncios gráficos não podem promover conteúdo adulto.

Produtos que simulam o ato de fumar são proibidos (como, por exemplo, cigarros eletrônicos).

Os sites anunciados no Google devem permitir acesso global — ou seja, não é permitido bloquear o acesso de acordo com a região.

Os textos do anúncio, incluindo a URL de visualização, não podem conter linguagem imprópria.

O uso de superlativo é proibido, a não ser que a avaliação venha de veículos externos. Por exemplo, se a sua loja estiver classificada como “A Maior Loja de Informática do Brasil”, é necessário que essa avaliação esteja disponível e seja confiável.

A repetição de palavras não deve ser usada como forma de alavancar sua propaganda.

Entrando de Cabeça

Nosso artigo tem como intuito apresentar o básico sobre a criação de campanhas no AdWords. Está interessado em descobrir mais? Não deixe de checar a documentação do Google AdWords e estudar como essa ferramenta funciona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *